+55 19 996 797 258-/ 3256-7749     /    contato@eccofibras.com.br     /    Seg a Sex das 9 às 18h

Confira a matéria que o portal About Farma postou sobre a Terapia ILIB em doenças cardiovasculares

“De acordo com um estudo de pesquisadores da Universidade Federal de Minas Gerais, da Universidade Federal do Rio de Janeiro, do Hospital Alberto Urquiza Wanderley e da Sociedade Brasileira de Cardiologia, o número de mortes por doenças cardiovasculares cresceu até 132% no Brasil, durante a pandemia. 

E não para por aí, segundo o relatório anual GBD (Global Burden of Desease), divulgado pela revista científica The Lancet, a hipertensão foi a enfermidade que mais matou no mundo em 2019, sendo a causa de cerca de 10,8 milhões de óbitos. 

Alguns motivos que podem gerar as doenças cardiovasculares são genética, má alimentação, estresse, consequências do vírus da Covid-19, até mesmo o afastamento de hospitais, devido ao medo da pandemia e do contágio da doença, que impede de ter um acompanhamento médico e de realizar os exames de rotina. 

Diante desses dados, é possível perceber que o descuido com a própria saúde pode ter danos irreversíveis e extremamente graves, porém com alguns hábitos de prevenção é possível evitar doenças no coração ou tratá-las precocemente. 

Com o intuito de trazer uma melhora na qualidade de vida e ajudar no tratamento de doenças crônicas e sistêmicas, a Ecco Fibras, empresa de equipamentos de laser e led terapêuticos criou o Ecco ILIB Plus, que contém uma energia do laser de 100 mW e comprimento de onda de  660 nanômetros, que é o mais eficaz para irradiação de sangue e da parede vascular. Sendo assim, os fótons são absorvidos pelas células sanguíneas, aumentando a oxigenação, melhorando a microcirculação.

A terapia ILIB funciona da seguinte forma: o laser vermelho terapêutico é aplicado na artéria radial, que é uma das principais do corpo humano, com uma potência de 100mW, de forma transcutânea, ou seja, não invasiva, durante um período de 30 a 180 minutos. Sua periodicidade deve ser de duas a três vezes por semana, respeitando um intervalo mínimo de pelo menos um dia entre as aplicações. 

“Sua ação é o que faz aumentar a produção de prostaciclinas, resultando na maior fluidez do sangue, auxiliando a prevenir problemas vasculares. Além disso, o ILIB atinge as células do sistema imunológico, os hormônios e os processos de troca de um organismo, melhorando não apenas a função vascular, mas também todos os outros sistemas do corpo. Reduzindo o número de incidências de doenças em todos os órgãos, contribuindo para prolongar a vida”, conta Lucas Sousa, gerente científico da Ecco Fibras.  

Entre outros benefícios já comprovados cientificamente do Ecco ILIB Plus estão os efeitos antiplaquetário, analgésico, anti-inflamatório e cicatrizante. Melhora a oxigenação e estimula a produção prostaglandina, que diminui a dor e a serotonina, que gera bem-estar e ainda auxilia no combate dos sintomas da TPM, estresse, enxaquecas e dores em geral.

E para os praticantes de esportes, a terapia ILIB ajuda na manutenção e melhora da qualidade de vida e do sono, otimiza as funções metabólicas, aumenta a disposição, diminui a fadiga muscular e o cansaço, além de aumentar o desempenho, a resistência e a força em atividades físicas. 

Diferenciais para os seus pacientes

O Ecco ILIB Plus também traz um diferencial clínico para os profissionais de saúde que irão utilizá-lo, pois eles irão potencializar os tratamentos convencionais, tornando seu negócio ponto de referência para inúmeros cuidados. 

O equipamento também conta com uma alta modernidade, podendo ser usado sem a necessidade de conexão com outros aparelhos, permitindo maior mobilidade para os pacientes. Oferece também um display inteligente, no qual todo o tratamento pode ser acompanhado pelo sua tela, é de fácil manuseio, possui formato anatômico e conta com baterias recarregáveis e substituíveis. 

“Outro ponto importante sobre o Ecco ILIB Plus, é que ele conta com um botão de segurança posicionado estrategicamente no equipamento, evitando emissão luminosa acidental”, complementa Sousa. 

Em relação às contraindicações, existe apenas uma, não é permitido o uso em gestantes, pois ainda não foram feitos estudos científicos para esse grupo. Do contrário, diferente das terapias convencionais, o ILIB é permitido para pacientes oncológicos, com diabetes e hipertensão, e com próteses, na qual é até recomendado pelos profissionais da saúde, para melhorar a qualidade de vida dessas pessoas. 

“A terapia tem inúmeras funções e benefícios já comprovados. Os resultados da irradiação do laser vermelho terapêutico no sangue podem ajudar a tratar diversas patologias, prevenindo assim, o agravamento de doenças vasculares e muitas outras. Dando a oportunidade do paciente viver com uma boa qualidade de vida”, finaliza o gerente. “

1 Response

Deixe seu comentário